Não tenha ilusões

Correio da Cidadania

WPO | ART | CCD | Não tenha ilusões, n. 292, 20 abr. 2002.

 

 

Recebi, por email, a mensagem abaixo, endereçada “A quem interessar possa” e assinada “Salvador Allende”. Embora não acredite em fantasmas, ela parece refletir as preocupações latino-americanas diante das dificuldades que governos populares têm diante de si. Assim, talvez seja útil à reflexão atual.

“Não tenha ilusões: se você apresentar propostas para retirar da miséria e da fome os milhões que vegetam nessa situação em nosso continente, será inevitavelmente chamado de ‘populista’ e ‘demagogo’, até por sinceros confrades da esquerda.

Não tenha ilusões: se, apesar disso, você conseguir arrebatar mais de 65% dos votos e iniciar as reformas para liquidar os privilégios das oligarquias e resolver a situação dos pobres e miseráveis, você começará a ser acusado de desorganizador da vida econômica e social do país e chamado de antidemocrático, ditador e autoritário.

Não tenha ilusões: se você não se amedrontar com as acusações e persistir em seus propósitos, as oligarquias não só aumentarão seus ataques verbais e midiáticos, como mobilizarão setores populares e médios que você descurou, para demonstrar nas ruas seu descontentamento, como se fosse de todo o povo. O poder da mídia tem a faculdade de multiplicar virtualmente, transformando em universal qualquer fato parcial ou local.

Não tenha ilusões: mesmo que você respeite o direito democrático e nada faça para impedir essas manifestações oposicionistas, as oligarquias continuarão espalhando que você é um ditador e farão tudo a seu alcance, inclusive provocações sangrentas, para que tais manifestações e incidentes legitimem um golpe para derrubá-lo.

Não tenha ilusões: se você não conseguiu limpar as forças armadas dos antigos generais que suportavam as oligarquias, seus remanescentes vão se utilizar dos velhos expedientes golpistas para retirá-lo do poder, utilizando-se da palavra democracia para romper com os parâmetros institucionais democráticos do país.

Não tenha ilusões: se as oligarquias, em conluio com esses generais, conseguirem dar o golpe, eles fecharão o Congresso e outras instituições que tenham sido democraticamente constituídas e marcharão céleres para liquidar todas as reformas que você tentou implementar para retirar seu povo da miséria e dar-lhe uma vida digna.

Não tenha ilusões: por trás desse golpe estará o grande país do Norte e você assistirá surpreso o FMI ofertar ao governo golpista muito mais bilhões de dólares para consolidar-se, do que negava a seus projetos para erradicar a fome.

Não tenha ilusões: a ‘comunidade latino-americana de países’ fará pressões por novas eleições democráticas, no mais breve tempo, o que na prática representa dar aval ao golpe e permite que as oligarquias se preparem para não serem apanhadas de surpresa por outro ‘populista e demagogo’, que pretenda resolver os problemas dos desvalidos.

Não tenha ilusões: se aquela imensa maioria que estava sendo beneficiada por suas políticas ‘populistas e demagógicas’ não se levantar em sua defesa e apoio e não enfrentar os golpistas, você tanto pode ficar preso, quanto ser exilado ou vir fazer companhia a mim, que não tive quem me alertasse sobre tais ilusões.”

Wladimir Pomar é escritor e analista político.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *